Arquivo do Autor: Leitora do Mãezíssima

Sobre ser pai ou exercer a função paterna
Criar e Educar
21 de fevereiro de 2016 postado por Leitora do Mãezíssima

Sobre ser pai ou exercer a função paterna

Se a função materna é o aconchego, a função paterna é o movimento. É preciso que exista esses dois componentes na criação de filhos saudáveis emocionalmente. Entenda um pouco mais sobre qual é a função paterna na educação e criação dos filhos com a pedagoga Laura Monte Serrat Barbosa.

Idade escolar: Quando colocar os filhos na escola?
Criar e Educar
16 de fevereiro de 2016 postado por Leitora do Mãezíssima

Idade escolar: Quando colocar os filhos na escola?

Qual é a idade certa para colocar os filhos na escola? Nesse texto as psicopedagogas Danielle e Michelle, do Espaço Mediação, ajudam nessa decisão com algumas perguntas bem simples. Confira:

Erros: como ajudar as crianças a lidarem com eles?
Criar e Educar
22 de janeiro de 2016 postado por Leitora do Mãezíssima

Erros: como ajudar as crianças a lidarem com eles?

A maneira que lidamos com os erros dos nossos filhos no dia a dia interfere profundamente na concepção que ele terá de si mesmo, e sua relação com a aprendizagem de qualquer área (escolar ou da vida cotidiana). Já deu para perceber que o assunto é sério, por isso convidamos a psicopedagoga Ana Karina para nos ajudar nesse assunto. Acompanhe:

É um livro ou um brinquedo?
Criar e Educar
7 de dezembro de 2015 postado por Leitora do Mãezíssima

É um livro ou um brinquedo?

Você sabia que já existe o livro brinquedo e o livro literatura? Mas, qual comprar para seus filhos? Qual é a melhor opção? Convidamos duas pedagogas especializadas em educação infantil para falar sobre o assunto. Confira:

Chupar o dedo: uma linguagem a ser compreendida
Criar e Educar
21 de outubro de 2015 postado por Leitora do Mãezíssima

Chupar o dedo: uma linguagem a ser compreendida

Mania, birra, problema. Como lidar com o hábito de chupar o dedo? Convidamos a psicóloga Virgínia Oliveira para falar sobre esse assunto. Confira as reflexões que ela nos trouxe: