Que tal uma festa infantil saudável?

E ai chega a hora de definir o cardápio da festa e a dúvida paira no ar: comidas tradicionais de festa ou um cardápio mais saudável?

Que tal uma festa infantil saudável?
Alimentação,  Brincar
4 de outubro de 2013

Quando comecei a preparar a festa do meu filho logo surgiram perguntas sobre qual era o cardápio. Entre pitacos e discordâncias/divergências resolvi manter minha posição: a festa era infantil, teríamos muitas crianças e eu faria o melhor pra elas.

Infelizmente ainda há muito preconceito, mas comida saudável não é ruim, nem precisa ser sem graça!

cardapio saudavelNo cardápio da nossa festa infantil tínhamos pipoca, mix de castanhas, mexerica em gominhos, banana, uva, cookies de aveia com uva passa, damasco, uva passa, milho cozido, patê de ricota com cenoura, patê de berinjela, grissinis e pães, carne loca, doce de abóbora, creme de ameixa, sembei e lógico bolo e brigadeiro. Para beber, suco natural de manga, suco integral de uva, leite (exigência do aniversariante), água, chá e café.

O cardápio foi um sucesso! Ouvi diversos comentários, principalmente dos pais das crianças menores, sobre como é difícil encontrar opções saudáveis em festas infantis. Sempre existem muitos doces, frituras, refrigerante, além das sacolinhas surpresa recheadas de açúcar.

Acho importante pensar num cardápio para todos. É cada vez maior o número de pessoas vegetarianas, veganas, além das inúmeras restrições alimentares. É possível criar um cardápio ainda mais elaborado, com comidas de encher os olhos dos grandes e dos pequenos! Existem empresas especializadas, com cardápio diferenciado. O importante é pesquisar!

Aguardem mais sugestões simples pra sua próxima festa!

Thais Saraiva desenvolve projetos no Santo Atelier, seu espaço de criação. É mãe do Davi com quem divide seu tempo e todos os materiais .

Você fez optou por um cardápio saudável na festa do seu filho? Conta pra gente como foi!

posts relacionados

1 Comment

  • Olha… eu bem que pensei num cardápio saudável, até porque é o aniversário de 1 aninho do meu pequeno… ele não come açucar, fritura, industrializados e blá, blá, blá.
    Mas a resistência do marido e das avós foi tão grande que eu perdi as forças 🙁
    Acabei me rendendo, e aceitando um cardápio mais “normal”, como eles dizem. Só não abri mão dos sucos naturais e do veto ao algodão doce (que na minha opinião é o mesmo que dar um açucareiro pro criança comer). Também consegui cortar as frituras… a maioria será assado.
    Quem sabe até o aniversário de 10 anos eu consiga colocar em prática uma cardápio bom para a saúde dos pequenos, rsrs.
    Obs: conheci seu blog hoje e estou encantada. Quanta informação bacana, parabéns!!