Criança + Natureza: brincadeiras para praças e parques! Sem precisar levar brinquedos

Crianças precisam brincar ao ar livre, em contato com a Natureza. Separamos 3 ideias da Vivência Criativa na Praça para tornar esse momento divertido e envolvente, sem a necessidade de brinquedos e principalmente longe de todos os tipos de telas!

Criança + Natureza: brincadeiras para praças e parques! Sem precisar levar brinquedos
Brincar,  Especial
14 de outubro de 2016

Uma palestra muito compartilhada entre pais e educadores é do pediatra Daniel Becker, Crianças, já para fora! Nela, o especialista fala sobre os pecados que cometemos com nossas crianças e incentiva fortemente que nós pais, e também as escolas, voltem a permitir que a criança brinque mais tempo ao ar livre, principalmente em contato com a Natureza. Mas, como deixar esse tempo na praça mais divertido e interessante para nossas crianças? Do que brincar num parque?

Em Curitiba, a artista plástica e arte educadora Thais Saraiva, tem promovido as Vivências Criativas na Praça, um momento para as famílias reaprenderem a brincar e aproveitar os espaços verdes das nossas cidades. Já aconteceram três encontros onde a Thais propõe interações das crianças com o que a Natureza oferece. Vamos dividir com vocês essas ideias, ajudando a disseminar essas boas práticas e a diversão “lá fora”

1 – Mandala de elementos da Natureza

Essa é uma brincadeira de exploração. Convide as crianças a percorrerem a praça ou o parque recolhendo elementos da natureza que sejam interessantes e diferentes entre si. Vale sementes que caíram no chão, gravetos, vários tipos de folhas e o que mais a Natureza estiver oferecendo na estação.

Depois, convide as crianças a setorizarem os elementos que recolheram e então criar uma mandala com eles.

2 – Dia de plantar

Que tal tirar uma tarde para plantar vasinhos? Se você mora em apartamento e tem medo da sujeira de terra, vai adorar essa ideia. Vá para a praça e faça seus vasinhos por lá. Leve terra, mudas e vasinhos, e deixe as crianças plantarem seus próprios vasinhos.

vivencia-criativa-3

3 – Caça ao tesouro

Essa ideia é fantástica para crianças de todas as idades. Leve papel e caneta com vocês, quando chegar ao espaço, observe elementos da Natureza que podem ser interessantes para as crianças e faça um lista de Caça ao Tesouro.

Se quiser incrementar ainda mais essa ideia, leve uma lupa para os pequenos se tornarem verdadeiros exploradores.

O melhor dessa brincadeira é que pode levar 15 minutos ou 2 horas. Tudo vai depender da criatividade dos pais, porque disposição eu sei que as crianças sempre têm!

Nesse vídeo dá para perceber o entusiasmo das crianças trazendo seus tesouros da Natureza.

Conheça mais da Vivência Criativa na Praça

“A Vivência Criativa na Praça surgiu de repente, sem planos. Sempre gostei de explorar a cidade com meu filho, caminhadas pelo bairro e brincadeiras nas pracinhas da redondeza fazem parte do nosso dia a dia. Eu sempre me diverti achando formas em cascas de arvores, brincando com as sombras das coisas, procurando elementos da natureza pra criar alguma coisa. Na companhia do meu filho isso tudo foi potencializado e desses momentos tão gostosos juntos, conversando, descobrindo e criando, surgiu a ideia de estimular que outras famílias também pudessem aproveitar momentos como esse.

Buscando informações descobri que existe um movimento mundial pela valorização da infância, do brincar, do resgate a natureza. Foi o empurrãozinho que eu precisava pra jogar a ideia na internet e ver no que dava. Deu super certo! Depois de 3 vivencias realizadas posso dizer que o movimento esta tomando corpo, o feedback dos participantes após o evento me enchem de ânimo! Espero que essa vivencia criativa na praça possa servir de inspiração e que outros movimentos semelhantes se espalhem pelos bairros da cidade!”

Thais Saraiva, Vivência Criativa na Praça

Para saber mais sobre as Vivências Criativas na Praça acompanhe a fanpage do Santo Atelier

posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *