Doula: conheça essas profissionais e seu papel na hora do parto?

Doula: conheça essas profissionais e seu papel na hora do parto?
Especial,  Ser mãe
8 de junho de 2017

Se você teve está chegando agora no universo dos partos humanizados, com toda certeza irá ouvir muito a palavra Doula. Esse post é para explicar quem são essas mulheres chamadas de Doulas e qual o seu papel no auxílio a gestante em trabalho de parto.

Para isso, conversamos com a Doula Patrícia Teixeira. Ela trabalhou como técnica em enfermagem em centro obstétrico durante 5 anos e há 3 anos se dedica exclusivamente ao trabalho de doula. Já auxiliou mais de 118 partos e atualmente é a presidente da Associação de Doulas de Curitiba e Região Metropolitana (ADOUC). Vamos entender um pouco mais sobre doulas?

doula Patricia

Momento do nascimento aparado pela médica obstétrica e apoiado pela doula Patricia Teixeira

O que é uma doula?

O termo doula vem do grego – aquele que serve. Antigamente existiam mulheres mais experientes que ajudavam as mulheres mais novas na hora do parto. Essa função social acabou se perdendo principalmente com o grande aumento do número de cesáreas. “Como uma mulher pode ensinar a outra a parir se ela irá fazer uma cesárea?”. Com isso se formou uma lacuna de assistência as mulheres que passavam pelo parto normal. Surgiram então as doulas.

Atualmente as doulas são reconhecidas como profissionais que dão suporte físico, emocional e informativo para a mulher em trabalho de parto.

Físico – compressa, massagem, melhores posições para suportar a dor.

Informativa – curso de pré-partos para a mulher saber e compreender o que vai acontecer com o seu corpo durante o trabalho de parto.

Emocional – dando força e ajudando a controlar o emocional durante o trabalho de parto.

“Existe uma definição de Doula, que foi postada no perfil da doula Mari Noronha, que gosto muito: Doula é uma mulher muito loca, que lê a vibe do momento e sabe ser imprescindível e invisível”, completa Patrícia.

doula patricia

Arquivo: Doula Patrícia Teixeira

Diferenças entre doula, enfermeira obstétrica e parteira?

A enfermeira obstétrica fez faculdade de enfermagem e pós-graduação em obstetrícia. Ela reúne conhecimento e habilitação. Na prática pode acompanhar e amparar o parto e fazer exames de toque, por exemplo.

A parteira aprendeu na prática tudo que sabe sobre trabalho de parto. Não tem o estudo formal, mas tem a vivência do dia a dia. Sua aceitação é polemica, mas no interior do país é mais comum encontrar partos amparados por parteiras. Mas não tem habilitação para fazer o parto nas cidades maiores.

Já a Doula não faz procedimentos invasivos. Ou seja, não faz toque, não ouve coração, por exemplo. Ela apóia a mulher em trabalho de parto. A formação de doula, ainda é um curso livre.

doula patricia

Qual o papel da doula no trabalho de parto?

É estar ao lado da gestante no momento que ela sentir qualquer necessidade física ou emocional durante o trabalho de parto. Geralmente a doula vai até casa da gestante no início do TP, faz massagens que ajudam a aliviar a dor das contrações, ajuda nos exercícios para a gravidade fazer o parto ser mais rápido. Reconhece a hora ideal para ir a maternidade. Faz a ponte entre o médico e a gestante e ainda percebe quando está perto do bebe nascer.

“Um dos pontos muito importante é o apoio emocional a mulher em trabalho de parto. Porque sempre tem uma hora que a gestante acha que não vai conseguir, que não vai dar conta e nesse momento nosso papel é mostrar que ela é capaz de parir, que vai conseguir”.

Ou seja, a doula procura proteger a mulher em trabalho de parto e resolver as necessidades que a gestante nem se dá conta no momento.

doula patricia teixeira

Doula Patrícia Teixeira mostrando o carimbo de uma placenta, feito logo após o trabalho de parto terminar.

Como escolher uma doula?

“Quando você for procurar uma doula, fale com várias. Escolha uma doula que você tenha empatia desde o primeiro momento. O trabalho de parto um momento muito intimo. Uma situação em que você estará nua emocionalmente e fisicamente. Você precisa olhar para a doula e confiar nela, saber que ela irá  interpretar o que você precisa no momento certo e resolver qualquer situação. A escolha da doula também tem muito a ver com o seu estilo pessoal. Por isso, uma boa conversa é fundamental antes de contratar uma doula”.

 

Atualmente as doulas atendem por serviço particular e o valor pode variar de acordo com a cidade e a experiência de cada profissional.

Serviço:

Doula: Patrícia Teixeira.

Contato: 41  9625-9149 – Ou pelo Facebook: 55 41 9625-9149

Associação das Doulas de Curitiba e Região Metropolitana: Link :https://www.facebook.com/associacaodedoulasdecuritiba/

posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *