Pintando, expressando e compreendendo a si mesmo

O que é mais importante ensinar para as crianças pequenas? Conhecimento do mundo ou conhecimento e compreensão de si próprias. Conheça a proposta da escola infantil Gaia, de Curitiba.

Pintando, expressando e compreendendo a si mesmo
Especial,  Mãezíssima Recomenda,  publipost
22 de novembro de 2015

Um corredor decorado com desenhos das crianças. Cada quadro é um autorretrato, emoldurado e valorizado como devem ser as atividades planejadas e executadas por elas. Vários caminhos levam a espaços criativos como o ateliê (ainda dá para ver o trabalho em argila feito pelas crianças na parte da manhã); espaço para teatro e contação de histórias, uma área com areia e brinquedos e no centro uma biblioteca lúdica para os pequenos. Essa é a estrutura física do Centro de Educação Infantil Gaia.  Todos esses ambientes estão a serviço de um objetivo especial, olhar a criança como individuo único, dando espaço e tempo para que ela cresça de forma segura e curiosa pela vida ao seu redor.

A Suzy Fortis é a idealizadora e coordenadora da Gaia, sua formação como psicóloga contribuiu para a construção de uma forma especial de conduzir o dia a dia com as crianças. “Entendemos que as crianças precisam de liberdade e nunca de solidão, de palavras, de música e inspiração. Crianças anseiam por saber: de si, do outro, das coisas, dos bichos, dos planetas. Mas, crianças desejam, acima de tudo, saberem do que sentem. Que possam construir em si palavras para expressar as alegrias, saudades, vontades… Para isso, desde o carinho e a atenção até os objetos, a natureza, o alimento, o papel e a tinta, tudo isso se faz como canais de expressão do seu olhar sobre si e o mundo.  É um caminho no tempo de cada criança. Entendemos que elas precisam, para seguirem adiante, não apenas dos materiais e sim do gesto humano com toda sua grandeza”, conta Suzy mostrando o conceito que é o fundamento de todas as atividades da escola.

Os vários espaços criativos que compõe a Gaia são também uma forma de enriquecer o desafio que é a educação infantil atualmente. “Buscamos sempre encontrar novas formas de realizar as atividades que fazem parte do dia a dia da escola e proporcionar novas descobertas para as crianças”, conta Suzy. Existe um verdadeiro desejo de encontrar caminhos que unam liberdade, expressão, arte e desenvolvimento. 

“Pintando, expressando e registrando, como num diário de bordo, suas descobertas. Dos rabiscos aos desenhos, das primeiras palavras ditas e depois, talvez, às letras. O nome das coisas, o nome de cada um, dos amigos. Cada um no seu tempo, construindo uma história. Na Gaia entendemos que, para um desenvolvimento saudável, é preciso ver cada criança como única. Este é o nosso ponto de partida.”

Conheça a Gaia pessoalmente, entre em contato:

Gaia

posts relacionados

Comments are closed.