Por favor, não se esqueçam da mesa

Um texto sobre o lugar ideal para transmitir valores, criar laços e conexões profundas: as refeições à mesa em família. Você também precisa resgatar esse hábito.  

Por favor, não se esqueçam da mesa
Especial,  Família
14 de setembro de 2016

Você se lembra das refeições na casa da sua avó? Eu me lembro muito bem.  Uma mesa posta com toalha simples, mas arrumada, pratos, talheres, comida fresca de dar água na boca. Na minha família almoçávamos todos os dias juntos, mas era aos domingos que a “mágica” acontecia. Ninguém queria sair daquela mesa, ninguém queria sair da companhia um do outro. “Se é no lar que o coração se forma, então é a mesa que ele se conecta”.

Os anos se passaram, alguns se foram, outros chegaram, a vida mudou muito e quando me dei conta, estava sentada em frente a TV com o prato no colo. Sim, a culpa é da vida moderna, da correria, da dificuldade de fazer as refeições no mesmo horário. Mas esse tipo de vida estava tirando uma parte muito importante da convivência e aprendizado, para mim e para minha família. Foi uma tomada de decisão, uma escolha, retomar as refeições a mesa, sempre que possível, com todos os integrantes da família.

Claro que tomei essa decisão sabendo de todas as complicações que ela acarreta: planejar a refeição, ir ao mercado, fazer a comida, servir a mesa e conseguir reunir a família no mesmo horário. Não é fácil. Mas fiz isso porque estou plenamente convencida da importância de fazer refeições a mesa com toda a família.

jantar em família

Passamos tanto tempo nos preocupando com os valores que passamos aos nossos filhos, a educação que damos, a escola que escolhemos. Nos preocupamos com a educação e criação todo o tempo. Mas preocupação não basta se não houver  vida prática, os momentos de conexão, de estar junto simplesmente aproveitando a companhia um do outro, se divertindo, ouvindo as histórias, fazendo jogos. Esperar o fim de semana para fazer um passeio em família parece muito pouco para criar alicerces fortes. A mesa, durante as refeições, é o lugar ideal para isso.

A melhor forma de ensinar é mostrar, ser o exemplo de como ser cordial, como conversar, como interagir, como ter empatia com os outros. Isso tudo pode fazer parte de uma refeição, a mesa, em família. Toda a teoria de educação positiva, respeitosa é posta em prática durante um jantar. É sentado ao redor da mesa, olhando um nos olhos dos outros, com os aparelhos longe o suficiente para não interferirem, que podemos conversar sobre nosso dia, nossos sonhos, nossas dificuldades. Quando podemos abrir nosso coração para ouvir nosso companheiro e nossos filhos, e falar sem reservas.

As primeiras tentativas não foram muito fáceis, nem saíram como planejado. Não sabíamos direito como se comportar ou o que conversar. Aos poucos, com as novas tentativas, o clima só tem melhorado. Nossa filha pequena tem sentido prazer em parar o que estiver fazendo e sentar a mesa conosco. Conversamos coisas de adulto e coisas de criança. Depois do jantar, muitas vezes, ela mesma propõe algum jogo, seja de adivinhação, mímica, e até desenho. Sem perceber os minutos vão se passando, a casa vai acalmando e até o processo banho e cama, se torna mais fácil. Fazemos o possível para jantarmos juntos, mas ainda estamos longe de conseguir fazer isso todos os dias da semana. Mas o pouquinho que conseguimos já tem feito diferença na nossa família.

refeições a mesa

Eu gostaria de te incentivar fortemente a retomar as refeições a mesa com sua família. Não liste as dificuldades, todas nós mulheres e mães sabemos bem quais são. Decida tentar e comece com o mais simples que conseguir. Comece nem que seja com apenas uma refeição por semana. Planeje com antecedência, mas não se preocupe em fazer algo extraordinário. Se precisar use os pré-preparos e até as refeições congeladas que facilitam a vida na cozinha. Não brigue durante a refeição e tente manter a conversa positiva. Faça desse momento algo especial, deixe a disciplina para após a refeição. Para a mesa apenas as boas conversas, os bons pensamentos, as boas sementes. Tenho certeza absoluta que você irá colher bons frutos muito em breve.

“Pensamentos se tornam palavras, palavras se tornam ações, ações se tornam hábitos, hábitos foram o caráter e o caráter se transforma em destino”. Davi Titus: A experiência da mesa.

Sugestão de leitura: A experiência da mesa, O segredo para criar relacionamentos profundos. Davi Tutus.

Grace  I. Barbosa ─ Mãezíssima

Grace e Julia perfilIdealizadora e fundadora da Mãezíssima. Mãe da Julia, jornalista, escritora e empreendedora. Aprendendo todo dia a ser uma mãe possível. Amante das boas histórias e de compartilhar conhecimentos que realmente fazem a diferença na vida dos leitores.

posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *