Tinta natural é TUDO DE BOM!

Aprenda a fazer tinta de semente de urucum e açafrão. Diversão garantida na oficina Pintando os Filhotes. Confira as fotos:

Tinta natural é TUDO DE BOM!
Especial,  Eventos realizados
27 de outubro de 2014

Tinta natural é tudo de bom! Esse virou meu lema depois da oficina Pintando os Filhotes, onde fizemos tinta natural com as mães, pais e filhos. A matéria prima que usamos foi o urucum, o açafrão e a argila branca.

A oficina foi conduzida pelas arte educadoras Ana Márcia Antunes e Camila Haubert que ensinaram a produzir a tinta. Não tem segredo. No caso do urucum é preciso amassar as sementes com um pouquinho de água. Para esse serviço você pode usar um pirão ou improvisar com o que tem em casa, como um pote de apoio e uma garrafa de água para amassar as sementes. Já o açafrão e a argila branca é só diluir em pouco de água.  Pronto, você já tem três cores para soltar a imaginação.

É incrível como algo simples se torna fantástico quando soltamos a imaginação e entramos na brincadeira com nossos filhos. Na oficina, cada pai pintou seu filho. Colocamos um espelho no chão para que eles pudessem se ver. E pronto! As crianças viraram os bichinhos que tinham na imaginação e se divertiram muito.

Depois aproveitamos as pinturas nos rostos para fazer brincadeiras de dança e imaginação. E terminamos a oficina em uma espontânea roda de conversa entre os pais, porque as crianças já estavam correndo e brincando pela Casa Labirinto.

E para as Mãezíssimas, que como eu, tinham dúvidas sobre a dificuldade da tinta sair do rosto, vou dizer que foi incrivelmente mais fácil do que limpar tinta comprada. Só a água do chuveiro já tira toda a tinta e um sabonete remove o restante. Outra coisa incrível da tinta natural é o aroma. O urucum tem um cheiro delicioso e o açafrão, não precisa nem dizer. Atividade testada, aprovada e recomendada!

Sem dúvida a lição que levamos dessa oficina é que tinta natural é TUDO DE BOM!

Fique com a galeria de imagens da oficina Pintando os filhotes

posts relacionados

Comments are closed.