Mãe empreendedora: organizando os horários e atendimentos  aos clientes

Como mães empreendedoras temos algumas diferenças na disponibilidade de horários se comparada a outros empreendedores. Mas como comunicar isso aos seus clientes?

Mãe empreendedora: organizando os horários e atendimentos  aos clientes

A rotina de uma mãe empreendedora tem características particulares, um pouco diferentes de outros empreendedores. Em grande parte trabalhamos em home office e nos dividimos entre as tarefas da casa, dos filhos e do negócio. Essa rotina especial faz com que nossos horários tenham que ser mais flexíveis, alternando entre os nossos papéis de mãe, dona de casa e empreendedora. Mas, como comunicar aos nossos clientes esses horários não convencionais de atendimento? Como vou falar que não posso em determinado horário porque vou levar meu filho à escola?

Em primeiro lugar, não há nenhum problema de não ter sua agenda 100% disponível. Todos os profissionais, trabalhando em empresas ou empreendendo, têm diferentes compromissos ao longo do dia e nem sempre vão estar disponíveis no momento em que o cliente deseja. Em segundo lugar, você não precisa necessariamente justificar a todos os clientes porque não poderá atender em determinado momento. Apenas avise que não será possível. Deixar que o cliente defina todos os seus horários também pode complicar a rotina do seu negócio.

Leia também: 5 mitos e verdades sobre o empreendedorismo materno

Por outro lado, ficar sempre dizendo não ao cliente pode prejudicar suas vendas. Devemos sim valorizar o atendimento, sermos solícitas  e estarmos disponíveis. O atendimento mais personalizado tem sido uma grande vantagem para os pequenos negócios atualmente. Para isso, além do atendimento direto, abra diferentes canais de comunicação como as redes sociais, e-mail e até Whatsapp. Eles agilizam a comunicação e você pode responder mesmo estando envolvida com outra tarefa.

O mais importante é você ter sua agenda flexível e com prioridades definidas. O que não dá é encher seu dia de compromissos pessoais e familiares e relegar seu cliente a segundo plano. Se você não abre mão de levar e buscar seus filhos na escola não há problema. Feche sua  agenda nessa faixa de horário, mas abra uma faixa de horário antes ou depois para que seus clientes tenham possibilidade de te encontrar em diferentes momentos pela manhã e à tarde também.  Quando estiver marcando um encontro com seu cliente sugira, por exemplo, duas opções de horário ou data adequadas para fazer o atendimento. Assim, você atende as necessidades dele e ao mesmo tempo se mantém organizada.

Leia também: 3 regras para manter o foco

É muito importante saber que, se você quer desenvolver um negócio, seu tempo de dedicação precisa ser grande.  Não acredite em propostas que prometem pouquíssimas horas de trabalho por dia e um super retorno. Negócios se desenvolvem a longo prazo e se trabalhamos sozinhas temos que dar conta de diferentes funções e portanto, nos dedicar bem.

Mas o que vai mesmo determinar a quantidade de tempo voltada para seu negócio são seus objetivos. De acordo com suas metas, você vai definir ações e tarefas e montar seu cronograma de trabalho. Lembre-se: defina prioridades pessoais e profissionais, defina seus objetivos de mãe empreendedora e a partir disso monte sua agenda de atendimento.

Vamos trocar ideia? Como você define seus horário de atendimento? Como comunica isso aos seus clientes?

Até o próximo!

Maria Cristina Bernardo

mães-empreendedora “Fundadora da Mães Empreendedoras. Mãe do Guilherme e do João, que aprendeu a curtir o mundo dos meninos, cheios de histórias de heróis e aventuras. Montou seu primeiro negócio há 7 anos e vem enfrentando todos os desafios de uma mãe empreendedora que trabalha em casa.

Participante da Rede de Empreendimentos Sustentáveis Shell Iniciativa Jovem. Pedagoga formada pela UFRJ. Especialista em Sustentabilidade pela PUC-RJ e Gestão de Pessoas pelo IBMEC.”

 Entre em contato: www.maesempreendedoras.net.br \\ maria@maesempreendedoras.net.br

posts relacionados

Comments are closed.